Adoções Possíveis - 06/04/2021 - 19:19:42
Pretendentes à adoção participam de curso por videoconferência
Juíza Emanuela Porangaba explicou que, além da orientação técnica, o espaço foi planejado para falar sobre amor

Curso teve início nesta terça-feira (6) pela ferramenta Zoom. Curso teve início nesta terça-feira (6) pela ferramenta Zoom.
- Pretendentes à adoção participam de curso de habilitação por videoconferência

Cerca de 40 pretendentes à adoção cadastrados nas Comarcas de Colônia Leopoldina, Joaquim Gomes, São José da Laje, Messias, Murici e União dos Palmares estão participando de um curso de habilitação. Iniciado nesta terça-feira (6), por videoconferência, a capacitação é promovida pelo Núcleo Regional Multidisciplinar da Comarca de União dos Palmares e ocorrerá em quatro etapas.  

A magistrada Emanuela Porangaba, titular da Comarca de Murici, deu as boas-vindas aos participantes do curso e explicou que além das informações técnicas, o espaço foi pensado para falar sobre a escolha de amar alguém que não foi gerado por eles.

“A gente não nasce pronto. Quando a gente engravida, quem pode gestar, não nasce mãe quando pega o resultado do exame e é positivo. Você aprende a ser, aprende todos os dias a ser mãe e a ser pai. E é isso que vocês desejam, vocês desejam ser mães e pais de crianças que vem com uma bagagem. Esse é um espaço para desconstruir aquele castelo de areia cheios de preconceitos e dúvidas”, disse a magistrada.

A primeira palestrante do dia foi a assistente social Cleonice Martins, abordando o direito da criança e do adolescente e a importância da proteção integral. O promotor de justiça Lucas Carneiro trouxe o debate sobre as implicações do poder familiar, família e as modalidades de colocação familiar.

Conforme a psicóloga Kliciany Martins, a iniciativa vai abrir as portas para os pretendentes no processo de adoção. “Esse curso visa informar e ajuda-los a entenderem como funcionam todos os trâmites processuais que giram em torno da adoção. Nós vamos abordar temas que vão desde o desenvolvimento infantil a chegada da criança ao novo lar, preconceitos, fantasias e mitos que envolvem a questão da adoção”, contou.

O curso trará ainda os temas como Procedimentos de Habilitação e Adoção, Sistema Nacional de Adoção (SNA); Perfil da criança desejada e crianças em condições de serem adotadas, o filho idealizado e o filho real; Peculiaridades das adoções de crianças maiores, adolescentes, grupos de irmãos ou PcD; Implicações psicológicas e sociais da devolução de criança ou adolescente anterior ou posterior à adoção; Métodos de modelagem de crianças e adolescentes (técnicas educativas); e Desenvolvimento infantil.

Os próximos encontros serão realizados nos dias 13, 20 e 27 deste mês, também por meio da ferramenta Zoom. Os pretendentes à adoção precisam, necessariamente, participar de todos os dias do curso para receberem o certificado. 

Adoção

De acordo com o Cadastro Nacional de Adoção, atualmente existem 412 pretendentes em Alagoas e 78 crianças e adolescentes disponíveis para a adoção.  Segundo a Coordenadoria Estadual da Infância e Juventude (CEIJ), 156 crianças e adolescentes foram adotados no ano passado.

Para saber o que é preciso para iniciar um processo de adoção ou ainda apadrinhar, acesse este link.


Robertta Farias - Dicom TJAL
imprensa@tjal.jus.br 


Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.